sábado, 28 de dezembro de 2013

Post de fim de ano / thanksgiving

(fonte)
**Pequeno alerta de conteúdo: O último parágrafo deste post contém a palavra "Deus", porque eu acredito que existe um. Se você se ofende com isso fique à vontade para pular para o próximo post.**

Este post de Natal/Fim de ano é inspirado no post da Carol no lolitacorderosa do final de novembro, o thanksgiving tag. Eu não peguei as regras porque já se passou um mês da data, mas ainda sim acho que é um bom post para o fim do ano.

Neste fim de ano eu gostaria de poder agradecer a todas as pessoas coisas e fatos ao meu redor. GOSTARIA, se eu vou conseguir ou não, é outra história ^^’ (porque convenhamos, as pessoas/coisas/fatos que nos dão os maiores aprendizados às vezes são as mais difíceis de agradecer...).

Então, vou compartilhar com vocês um pouco do que eu tenho lido:


Meu milagre de Natal foi a consciência, sabedoria e humildade de saber quando chegou meu limite. Só podemos nos levar até um ponto antes de quebrarmos, e finalmente vejo qual é o meu: o que põe minha saúde até física em risco. E esse não é um preço que vale a pena pagar - especialmente por aqueles que doam menos da metade de seus corações.
O milagre envolve os olhos secos, dessa vez. Pode ser que se tornem úmidos muitas vezes mais, mas o importante é que agora não há lágrimas. Há dor, mas há uma consciência nova. Dei tanto do meu sangue ao ponto de que o vampiro que o tomou acabou achando que ele fluiria eternamente, mas estava enganado. Agora, se quiser novamente, terá que doar seu coração de fato.
Como disse meu irmão para mim no dia que eu fui internada, "Ame quem te ama, mas se ame primeiro". E isso, amad@s, é a coisa mais importante: amor próprio. E esse é o que investirei na vida pessoal nessa próxima etapa dela.
(Fonte) (rendasdemetal é o blog dela. Tenho a impressão de que passamos um fim de ano parecido...)

As 4 Leis da Espiritualidade ensinadas na Índia:
A primeira diz: “A pessoa que vem é a pessoa certa“.
Ninguém entra em nossas vidas por acaso. Todas as pessoas ao nosso redor, interagindo com a gente, têm algo para nos fazer aprender e avançar em cada situação.
A segunda lei diz: “Aconteceu a única coisa que poderia ter acontecido“.
Nada, absolutamente nada do que acontece em nossas vidas poderia ter sido de outra forma. Mesmo o menor detalhe. Não há nenhum “se eu tivesse feito tal coisa…” ou “aconteceu que um outro…”. Não. O que aconteceu foi tudo o que poderia ter acontecido, e foi para aprendermos a lição e seguirmos em frente. Todas e cada uma das situações que acontecem em nossas vidas são perfeitas.
A terceira diz: “Toda vez que você iniciar é o momento certo“.
Tudo começa na hora certa, nem antes nem depois. Quando estamos prontos para iniciar algo novo em nossas vidas, é que as coisas acontecem.
E a quarta e última afirma: “Quando algo termina, ele termina“.
Simplesmente assim. Se algo acabou em nossas vidas é para a nossa evolução. Por isso, é melhor sair, ir em frente e se enriquecer com a experiência. Não é por acaso que estamos lendo este texto agora. Se ele vem à nossa vida hoje, é porque estamos preparados para entender que nenhum floco de neve cai no lugar errado.
(Fonte)

AGRADECER A TODAS AS COISAS DO UNIVERSO.
[...]
"vida física, com suas limitações e problemas, é apenas projeção da mente em estado de ilusão – conforme os pensamentos, sentimentos e palavras, manifestam-se circunstâncias agradáveis ou desagradáveis, tudo de acordo com o conteúdo mental. "
[...]
Em todo lugar existe algo a agradecer. Se a pessoa só conseguisse agradecer a fatos especiais, viveria infeliz, pois o que é especial não acontece a todo o momento.
[...]
Agradeça também os tropeços. O tropeço é um acontecimento lamentável, mas precisamos agradecer também ao tropeço, pois ele nos ensina que, na vida, devemos caminhar erguendo suficientemente os pés. Quando tropeçamos, aprendemos mais lições do que antes de tropeçarmos. O tropeço serve também para abrir os nossos olhos. Se não tivéssemos tropeçando a tempo, talvez não tivéssemos percebido que estávamos seguindo pelo caminho que nos leva ao precipício. Não estou justificando o tropeço, nem consolando os que tropeçam. O tropeço realmente merece ser agradecido.
Os que estão tropeçando devem agradecer, e aqueles que já estão livres de tropeços devem agradecer ainda mais por essa felicidade. Procedendo dessa forma descobrimos que a vida está cheia de motivos de agradecimento.
[...]
Agradeça a todas as pessoas coisas e fatos!

"Mesmo que agradeça a Deus, aquele que não agradece a todas as coisas do céu e da terra não consolida a reconciliação com todas as coisas do céu e da terra. Não havendo a reconciliação com todas as coisas do Universo, mesmo que Deus queira te auxiliar, as vibrações mentais de discórdia não te permitem captar as ondas da salvação de Deus. Agradece à Pátria. Agradece a teu pai e a tua mãe. Agradece a teu marido ou a tua mulher. Agradece a teus filhos. Agradece a teus criados. Agradece a todas as pessoas. Agradece a todas as coisas do céu e da terra. Somente dentro desse sentimento de gratidão é que poderás ver-Me e receber a Minha salvação"
(Fonte)

♥ ♥ ♥ Grandes beijos e abraços para todos ♥ ♥ ♥
♥ Agradecimentos especiais à minha família e amigos que estão sempre ao meu lado ♥
♥ ♥ ♥ Um maravilhoso Fim de ano para todos nós ♥ ♥ ♥

[edit] Em agosto, já tinha feito um post sobre agradecimentos, quem quiser ler, é só clicar AQUI ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário